O Ministério do Turismo (Mintur) incluiu no seu portfólio de oportunidades de investimento estrangeiro novos projetos para desenvolver produtos recreativos, recreativos e de aventura, como parte da estratégia de expansão para atividade extra-hotelaria em Cuba.

José R. Daniel Alonso, diretor-geral de Desenvolvimento, Investimentos e Negócios desse organismo, explicou que, como novidade, são promovidas oito propostas da empresa turística Palmares S.A., sob a modalidade de contrato de administração de serviços com financiamento.

Entre essas iniciativas destaca-se a construção de dois parques aquáticos, um em Varadero e outro em Havana.

No caso da instalação da capital, o especialista apontou que estudam, junto com o Instituto de Planeamento Físico, a área mais conveniente para sua construção, planeada na faixa costeira, em particular nas praias do leste de Havana. Também se destinará ao gozo dos cubanos.

De acordo com Daniel Alonso, o portfólio de negócios da Mintur também inclui pela primeira vez dois projetos para a construção de parques naturais e de aventura, localizado em Canasí (comunidade de Santa Cruz del Norte, Mayabeque) e outro em Bahía de Naranjo (Holguín), lugares de encantos naturais atraentes.

Além disso, através da modalidade de contrato de administração de serviços com financiamento, são apresentadas duas oportunidades de negócios para o desenvolvimento e expansão das marinas de Varadero e Santiago de Cuba, argumentou. Também inclui projetos voltados para incorporar novas tecnologias e restauração do Complexo Plaza América e Josone Park, ambos em Varadero.

A renovação do hotel Comodoro em Havana, de propriedade da cadeia Cubanacán, é adicionada às opções de negócios apresentadas.

A diversificação das ofertas, além das do sol e da praia, é um dos propósitos da Mintur em procurar posicionar o produto cubano no mercado internacional e assim acelerar o desenvolvimento do turismo, a segunda fonte de renda para a economia nacional.

Em face do investimento estrangeiro, considerado um elemento fundamental para o progresso socioeconómico do país, o portfólio renovado dessa agência tem um total de 140 projetos, dos quais 34 para a construção de hotéis, 96 na modalidade de administração e comercialização, entre outros.

Ver notícia completa.